Pra que(m) se vender se você já foi comprado?

Certa vez uma frase compartilhada em uma rede social apareceu na minha timeline e eu nunca mais a esqueci: “as pessoas sabem o preço de tudo, mas não sabem o valor de nada” (desconheço o autor). Essas palavras fazem sentido pra você? Pra mim quase gritam! O mundo nos oferece “passaportes” para ingressar no mundo do luxo, dos negócios, do poder, do amor e do que mais você imaginar. Estamos cercados de oportunidades para nos vender e alcançar uma meta ou o que o mundo determina como “sucesso”. E será que você tem aceitado essa barganha? Será que você está “comprando” ou “vendendo” nessas condições?

A sociedade prega nas entrelinhas que se deve ter para ser e nós, na maioria das vezes, acreditamos nessa bobagem. Se trabalhar em tal empresa será admirado por seus amigos, se comprar tal carro seus familiares te respeitarão, se cursar em determinada faculdade terá muito mais prestígio entre os colegas de trabalho, se se entregar como prova de amor terá fidelidade eterna de quem só tem te machucado, e por aí vai… Você já viu ou viveu uma situação como essa? Pois é, isso é o mundo dizendo que você tem um preço. Mas eu tenho uma coisa pra te contar. Você tem um preço mesmo, só que ele já foi pago.

"está consumado." João 19.30

“está consumado.” João 19.30

O seu preço foi pago quando Deus te escolheu antes da fundação do mundo (Efésios 1.4). Quando Deus te amou tanto que enviou Seu único filho para que você não precisasse morrer, mas crendo pudesse receber a vida eterna (João 3.16). Quando Deus, nosso Pai, O enviou como o Cordeiro que tira o pecado do mundo (João 1.29). Quando Jesus, como ovelha muda, se entregou (Isaías 53.7). Quando Deus te fez mais que vencedor em Cristo (Romanos 8.37). O seu preço foi pago lá na cruz, quando Jesus disse “ESTÁ CONSUMADO!” (João 19.30).

O mundo pode dizer que você custa determinado preço, mas só Jesus sabe seu valor porque foi Ele mesmo quem pagou, à vista! Portanto não se venda, por preço algum. Porque você é mais valioso do que se pode imaginar. Este mundo não tem dinheiro suficiente para pagar por você.

Quando algo ou alguém te disser “compre” ou “venda”, lembre-se de que você foi comprado por um alto preço para ser livre, e não escravo das condições deste mundo (I Coríntios 7.23). Nada é melhor do que ser livre em Cristo Jesus (Gálatas 5.1), e não depender das opiniões impostas por homens . Viva pela graça, amor, alegria e paz que o Espírito Santo de Deus nos dá (Gálatas 5.22-23) e não haverá espaço para as coisas deste mundo, que passam num piscar de olhos.

Coma o que é bom. Se abasteça do que é eterno. Pense nas coisas do alto. Ande com e no Espírito. Seja livre, já está consumado!

 

Mas… você confia?

É natural ser cristão e falar do poder de Deus e de tudo que Ele pode fazer. Quando conversamos com alguém que ainda não O conheceu, quando ministramos, quando pregamos, quando escrevemos, quando cantamos… enchemos nossos lábios e coração para dizer ao outro: CONFIA NO SENHOR! Mas, e você? Você confia? De todo coração? 100%? Ou as coisas ficam um pouco diferente quando é com você? Quando o calo aperta, como diz o ditado, é que descobrimos verdadeiramente onde nossa confiança está depositada. E você sabe dizer se a sua reconhece ao Deus Todo-Poderoso, o Autor e Consumador da fé (Hebreus 12.2)?

Foi buscando uma decisão em Deus que analisei onde minha fé estava repousando. Se eu estava realmente confiando nEle, e não somente crendo que Ele pode fazer algo maravilhoso para o meu amigo, sabe? Buscando saber se esperava ou prosseguia, Deus me disse “VAI!”. Mas nesse “VAI!” eu não saberia qual seria minha próxima parada, eu teria que ir pela fé… teria que confiar em tudo aquilo que eu tenho dito sobre Ele aos outros. E EU FUI. Meu coração tentou estremecer, mas a paz que só tem que conhece a Jesus (Filipenses 4.7) é o que enche meu espírito na certeza de que a direção que o Senhor tem planejado para os meus dias é a melhor entre qualquer decisão segura e humana.

God is faithful <3

Deus é fiel ❤

Deus tem dito através de seus profetas que este é o ano da restituição, mas pra mim também é o ano da confiança. O ano de confiar que Ele é poderoso para fazer muito mais daquilo que se pede e imagina (Efésios 3.20). De poder usar vestes de louvor no lugar de um espírito angustiado (Isaías 61.3), que se desespera em saber o que será do amanhã que Ele já disse que vai cuidar (Mateus 6.31-34).

E como é bom, mesmo sem ver, poder confiar! Quando parei de me preocupar como, quando e se Deus estava tomando uma providência pras coisas da minha vida, comecei a viver mais dEle em mim e através de mim. E agora minhas preocupações e prioridades são diferentes. Porque me voltei para aquilo que Deus queria que eu olhasse enquanto me preocupava com as coisas deste mundo e com todas as metas que isso envolve e nos causam cegueira pras coisas do alto… e como o fardo se tornou leve quando eu o entreguei ao Senhor (Mateus 11.30). Você já viveu isso? Se ainda não, te aconselho a fazer isso agora mesmo!

Deus é tão simples e objetivo quando diz “me entrega o teu caminho, confia, e o resto eu faço! (Salmo 37.5)” e a gente ainda duvida, mesmo sabendo que Ele é um Deus de precisão em tudo que diz e faz. Não deixe que o medo tome conta, arrisque confiar nEle… só pra ver no que dá. Tenho certeza de que uma coisa você não vai sentir: arrependimento. Porque tudo que vem dEle é sempre melhor do que qualquer outra coisa que você tente pelas próprias mãos. E enquanto você espera e confia, Deus se mostrará a você como nunca antes… e isso vale mais do que a “segurança” que este mundo oferece.

Quando você confia em Deus, você se dá a oportunidade de viver o melhor e conhecer O melhor!