Justiça, paz e alegria!

jutiça paz alegria romanos

Quando pensamos no que desejar prum novo ano logo palavras como amor, dinheiro, sucesso ou saúde vêm em nossa mente, mas apenas três de todas essas palavras que sempre carregamos conosco na hora de ir de um ano pra outro podem ser muito mais significativas que todas outras juntas “Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas JUSTIÇA, PAZ e ALEGRIA no Espírito Santo” (Romanos 14.17).

A justiça envolve fazer e desfrutar do que é certo, andar com integridade e ser reconhecido pelo Espírito da verdade que Jesus nos deu e que o mundo não pode receber e não conhece (João 14.17).

Paz é ter a convicção que não existe tribulação maior que o poder de Deus, é não se desesperar por coisa alguma e, mesmo que triste saber que é apenas uma estação e que a mão do Pai está cuidando de tudo para executar Sua boa, agradável e perfeita vontade (Romanos 12.2).

E a alegria vem a todo momento quando se está perto de Deus. Quanto mais você O conhece mais O reconhece nas grandes e pequenas coisa, afinal, Ele é mestre em cuidar dos detalhes e executar planos perfeitos! E o mais especial é poder transbordar essa alegria pra quem está ao seu redor… é contaminar ao próximo com a cultura do Reino.

Se você faz parte do Reino de Deus têm direito de usufruir de tudo isso, e vivendo estes três elementos você verá que não é mais preciso usar tantas palavras pra desejar coisas boas para um novo ciclo. Por isso, desejo a você um ano cheio de justiça, paz e alegria no Espírito Santo! 

FELIZ 2015! 🙂

Jesus, o verdadeiro presente

Mais do que ser grata pelo nascimento do meu único e suficiente Salvador, sou grata pelo plano perfeito da salvação que Deus executou por me amar de tal maneira. É uma delícia receber presentes, ainda mais numa data tão representativa de amor e união. Mas não se permita esquecer que o melhor de todos os presentes nem se quer veio embrulhado e foi entregue à você e por você: JESUS. Porque Ele abriu o caminho na escuridão, trocou minhas vestes, tirou o peso dos meus ombros e trouxe alegria. E por sua graça e bondade maravilhosamente me aconselha, me fortalece, cuida dos meus dias e me enche de paz.

506268682494e0948df5a67df9c05a79

“O povo que andava em trevas, viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz. Tu multiplicaste a nação, a alegria lhe aumentaste; todos se alegrarão perante ti, como se alegram na ceifa, e como exultam quando se repartem os despojos. Porque tu quebraste o jugo da sua carga, e o bordão do seu ombro, e a vara do seu opressor, como no dia dos midianitas. Porque todo calçado que levava o guerreiro no tumulto da batalha, e todo o manto revolvido em sangue, serão queimados, servindo de combustível ao fogo. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto.Isaías 9.2-7

FELIZ NATAL! ❤

Amor Independente

O que o dicionário diz sobre independência: 

in·de·pen·dên·ci·a

substantivo feminino
1. Estado de não se achar sob domínio ou influência estranha.
2. Autonomia.
3. .Caráter de independente
Fui procurar amor no dicionário e, além de sua etimologia e definições, encontrei uma lista de ‘amores’, como ‘amor cortês’, ‘amor livre’, ‘amor platônico’ e por aí vai, mas nada sobre o amor independente. Aliás, você sabe algo sobre o amor independente? Posso garantir que você já o sentiu – e sente – mesmo sem perceber. Ah, esse amor não vem de você. Esse amor é supremo, é santo, é incansável, é de Deus.
9cd71c71252058e77b0408733bafc316
O amor de Deus aconteceu antes de você conhecê-Lo, aconteceu antes de você se interessar por Ele. E mesmo que você nem tenha interesse, independentemente disso Ele já te ama.
É o amor que não se deixa dominar e nem é influenciado, como diz o dicionário. É o amor que não se abala com suas insatisfações e queixas. É o amor que não se prende a chateações ou traições. É o amor que não se acaba quando você decide deixá-lo.
É o amor que sempre está pronto pra te receber, não importa quanto tempo demore. É o amor que te defenderá até os confins da terra e acima dos céus. É o amor que tomou as chaves da morte e do inferno por você (Apocalipse 1.18).
É o amor que te escuta perguntar mesmo sem muitas vezes ter chance de te responder. É o amor que escuta seu desespero silencioso que rasga o peito. É o amor que limpa teu choro quando ninguém parece ouvir.
Deus ama nos amar, de graça e pela graça. Ele nos ama até quando nós O rejeitamos. Ele nos ama até quando caçoamos sobre quem Ele é. Ele nos ama quando somos constrangidos por Sua santidade e pedimos perdão por todas as falhas, das quais ele faz questão de não se lembrar (Isaías 43.25). Ele nos ama mesmo quando nós não O amamos. É o amor independente de mim, de você e de coisa alguma.
Este amor só depende de Deus para acontecer e, veja só, “Deus é amor” (I João 4.8). Então mesmo que se tente com todas as forças não ser amado por Ele, não há o que se possa fazer já que este amor acontece desde muito antes de você e de mim. Aliás, “Nós amamos porque ele nos amou primeiro” (I João 4.19).
Se hoje você pode viver os ‘amores’ do dicionário, lembre-se que Deus escolheu não depender de nada para te amar e permitir que você ame, não só a Ele, mas tudo aquilo que você tem e muitas vezes acaba amando acima do Criador.
Que você seja dependente do amor puro que vem do Senhor. Que você não seja grato apenas por ter uma família e amigos que te amam. Seja grato por este amor independente de tudo, até de você. E que Ele seja seu primeiro amor em todas as escolhas, e todas as vezes.
“Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito.” (Colossenses 3.14) 

Pra ouvir: Leonardo Gonçalves

10623579_716754645079908_5551553246889417006_o

Desde que descobri o CD Príncipio e Fim do Leonardo Gonçalves, se tornou um dos meus favoritos. Agora, versão ao vivo tem muito mais amor envolvido no CD Príncipio, que contém outras canções de sua carreira (sim, tem Getsêmani!) e novidades. É difícil, para mim, gostar de um álbum do começo ao fim, mas achei uma exceção! rs

Leonardo tem uma voz que merece atenção por si só de tão polida, suave e nada cansativa, mas a junção com letras bem escritas e nada óbvias formam uma união encantadora. As canções tiradas de Príncipio e Fim falam sobre a eternidade, tem assunto mais maravilhoso para se cantar e refletir? Não, não há!  As minhas favoritas são Novo, Sublime e, claro, Príncipio e Fim com participação da Daniela Araújo.

E eu sempre venho com dica e notícia boa, então lá vai: o álbum já está inteirinho no Spotify! Não perde tempo e corre pra ouvir música de qualidade altíssima e adoração extrema!

 

Triste, mas sempre alegre!

Há quem acredite que: quem vive uma vida com Jesus só tem dias cor-de-rosa. Ou que se os dias estão mais pra uma cartela só em tons de cinza a preto é melhor deixar de andar com Ele. Bom, os dois pensamentos são equivocados.  Jó foi tão claro ao exortar sua esposa quando disse “Você fala como uma insensata. Aceitaremos o bem dado por Deus, e não o mal? ” (Jó 2.10) que eu já poderia parar por aqui, mas acho que vale prosseguir.

Quando aceitamos a Jesus nascemos para uma nova vida, mas no mesmo mundo. Esse mundo de inúmeras alegrias e prazeres, mas também um mundo de pesares e muita dor. A garantia que Jesus nos deu, além da vida eterna, é que mesmo que os dias ruins viessem (e eles vêm!) passaríamos por todos eles triunfando por meio do Seu poder, porque Ele já venceu! Quando passamos por marés baixas, parece que são tempos eternos… Os dias tristes são mais numerosos que os dias de alegria, mas nosso coração e mente não podem fixar morada aí.  “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16.33)

fc9d563bb26a6b5979d880d4f2f83a44

Na minha caminhada com Cristo tive dias tristes, mas pelo Seu infindável amor e inquestionável graça sempre estive feliz. Pode parecer esquisito dizer isso, mas dá pra ser feliz mesmo estando triste. Atenção: estar é diferente de ser, e às vezes a gente esquece isso. Eu aprendi a ser feliz com Cristo, porque Ele é a minha força e a minha alegria. Ele atende pelo nome de Deus de toda consolação (II Coríntios 1.3), então torna-se impossível buscá-Lo e não ter um retorno que aqueça o coração e diga que não é só isso, não são só esses momentos de angústia e dor que Ele preparou… e não são mesmo.

Ap. Paulo mesmo com um ministério sofrido só escreveu cartas de amor ao Seu Salvador e Sua igreja e, poxa, quantas coisas podemos reconhecer em suas palavras inspiradas pelo Espírito Santo de Deus. Quando ele achou que não dava mais pra aguentar tantos espinhos na carne, o Senhor lhe disse “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.” (II Coríntios 12.9a) E Paulo compreendeu “De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. (II Coríntios 12.9b-10).

E Davi também nos diz que “Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias. Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito. Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.” (Salmo 34.17-19). É impossível caminhar com o Senhor e não ser socorrido por Ele na hora de toda e qualquer angústia, e não há um dia triste que não traga um legado de vitórias para os justos do Senhor porque com Ele NADA é em vão.

b51b1c7a0129a0a9689d935ef0fa3e25

“Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: “Aba, Pai”. O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus.
Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória. Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada.” (Romanos 8.15-18)

Você pode estar pensando agora nos seus dias que podem estar tristes, mas quero te lembrar que eles nunca serão sempre assim. Nem aqui, e muito menos na glória, na tão esperada Sião! Podem ser noites de choro, mas serão manhãs de alegria (Salmo 30.5). Você pode se sentir fraco, mas é aí que o poder de Deus começará a agir em você e através de você. E eu creio, que mesmo vendo situações tão adversas e inesperadas ao seu redor, a alegria que só tem que conhece a Cristo, encherá seu coração e o seu rosto!  “entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo.” (II Coríntios 6.10) 

Pra ouvir: Brady Toops

Tá afim de ouvir música de qualidade, cheia do Espírito e deliciosamente suave? Te indico o som de Brady Toops. Encontrei seu trabalho nas minhas andanças pela internet e já grudou no ouvido de primeira.

 

10609623_762402440464723_7993549500823374900_n

 

Acho que as palavras de Phillip LaRue, da Us & Our Daughters, conseguem definir bem o estilo das canções de Brady:”Se Johnny Cash tivesse feito uma gravação gospel no início de sua carreira, seria assim. Eu não posso recomendar este álbum o suficiente. Você tem que ouvir.” Pra te deixar ainda mais curioso com esse dica pra sua playlist, te convido a dar play nas músicas do seu último álbum, mas na versões capela e acústico pra amar ainda mais! Ouve só…

 

Como notícia boa nunca é demais, posso contar que o álbum dele tá pra download grátis? Sério! Só clicar aqui. Corre que é por tempo limitado, impossível se arrepender 😉

Sobre cumprir o que nos foi designado

A tarefa é simples: que amemos uns aos outros, assim como Cristo nos amou (João 15:12), mas a gente gosta de dar uma complicada nas coisas. Às vezes me espanto com a atitude tão sem amor das pessoas, mas logo depois me lembro que eu também sou assim. Amar vai muito além de simplesmente ter carinho ou gostar, ô se vai. Amar exige mais alguns atributos tão difíceis de praticar quanto, como: respeito, perdão, lembrar e esquecer.

A nossa capacidade em amar é tão pequena quanto o domínio (ou conhecimento, como preferir chamar) que temos sobre este nobre sentimento. Afinal, Deus é amor e para conhecê-Lo precisamos da eternidade. Mas para viver e praticar um mandamento tão básico como este, nosso amado Pai nos capacita a perdoar e enxergar no outro o que há de igual em nós, que podemos chamar de “mesma capacidade de erros e acertos”.

 

mais amor por favor

Você assistiu o último jogo da Copa com a nossa seleção? Considero um bom exemplo da prática – ou ausência da mesma – sobre aqueles atributos que comentei lá em cima. Nos primeiros jogos presenciamos uma nação inflamada, calorosa e peito estufado em favor deste time que nos representou. Mas bastou estes mesmos jogadores estarem mais fracos, sensíveis ou até mesmo errados para vermos, no lugar das palavras de afirmação e motivação, vaias, bandeiras queimadas e xingamentos absurdos. Falo sobre um acontecimento em grande escala, mas isto não lhe é familiar? Aquele melhor amigo que era tudo pra você, mas um dia falhou. Um amor que lhe traiu. Um parente que lhe abandonou. Ou até erros menores, como esquecer a margarina aberta (o que pra muita gente é inadmissível, haha) ou cometer erros ortográficos (é, pra mim é um pecado). Ou SEUS ERROS bem maiores. E nós simplesmente damos as costas ou as costas são dadas a nós.

 

Muita gente falando de amor e pouca gente sabendo amar

 

Nos esquecemos de um passado bom para recriminar alguém com um presente duvidoso. Não abrimos a caixinha do “perdão” porque nem encostamos nas gavetas do “respeito”, “lembranças” ou “esquecimento”. Porque para perdoar você precisa lembrar que também erra. Para perdoar você precisa esquecer as mágoas e dar preferência aos bons momentos (já vividos e que ainda virão). E para amar você precisa respeitar quem recebe seu sentimento para também ser respeitado, é mútuo. Para Deus não existem erros imperdoáveis quando há arrependimento, porém para nós, meros humanos existe uma extensa análise crítica de quadro a quadro e uma avaliação final para liberação ou não de perdão. Ai quanta dificuldade em amar…

Jesus em Seu caminhar descrito na Palavra nos ensina a praticar o amor em atitudes e menos falar, menos julgar… o Mestre nos mostra a importância das ações para com o outro e o olhar para dentro de si mesmo.  Quando nos olhamos pelos olhos de Cristo vemos que não somos essa maravilha toda que pensamos ser – inconscientemente, muitas vezes – comparado aos que estão ao nosso redor.

Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. “Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão. (Mateus 7:1-5 )

Tenho pedido ao Senhor mais capacidade para cumprir o que Ele me designou: amar meu vizinho, meu chefe, meus professores, aquele vendedor mal humorado e o atendente do telemarketing (rsrs). Amados, visto que Deus assim nos amou, nós também devemos amar-nos uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor está aperfeiçoado em nós. (I João 4:11-12)

Não há nada melhor do que influenciar a vida de alguém (e não importa quem) com pequenas doses de amor, pois até no teu sorriso há sentimento. Quebre as pernas do mau humor, da crítica, da razão (já que ela não serve pra nada mesmo – Isaías 64:6) e do desrespeito mostrando a que veio e cumprindo as ordens do Mestre, porque assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. (I João 4:16) 

 

O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor. (Romanos 13:10)

O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor. (Romanos 13:10)

Camila Amorim